Hospital Mater Dei Eventos
Marque sua consulta
(31) 3501-0500 / (31) 3339-9009
Seg. à Sexta - 8h às 18h
Radioterapia Mater Dei
Rua Gonçalves Dias, 2700 - Subsolo
Santo Agostinho - Belo Horizonte/MG
Redes Sociais

Câncer de Próstata

O que é o câncer de próstata?
O câncer de próstata é a doença em que as células normais na glândula prostática se modificam, crescendo sem controle, e deixam de morrer, formando uma massa de células que consiste em um tumor. A próstata é uma glândula do tamanho e da forma de uma noz, situada logo abaixo da base do pênis, em frente ao reto e abaixo da bexiga, que só o homem possui. Ela envolve a uretra, um canal semelhante a um tubo que carrega a urina e o sêmen através do pênis. A próstata produz o líquido seminal responsável por proteger, suportar e auxiliar no transporte dos espermatozóides.
Alguns tumores da próstata podem crescer lentamente e não causar problemas por anos.

Incidência
Sexto tipo mais comum de câncer no mundo e o mais frequente entre os homens, o de próstata representa cerca de 10% do total de ocorrências. Segundo estimativas do Instituto Nacional do Câncer (INCA), são cerca de 50 novos casos no Brasil a cada 100 mil homens.

Fatores de risco
Mais do que qualquer outro tipo de câncer, o de próstata é considerado o da terceira idade. Cerca de 3/4 das ocorrências no mundo ocorrem a partir dos 65 anos. Histórico familiar de pai ou irmão com câncer da próstata antes dos 60 anos de idade aumenta o risco de câncer de três a dez vezes em relação à população em geral.

Sintomas
O câncer da próstata em sua fase inicial tem uma evolução silenciosa. Muitos pacientes não apresentam nenhum sintoma ou, quando apresentam, são semelhantes ao crescimento benigno da próstata (dificuldade na micção e freqüência urinária aumentada). Na fase avançada da doença, podem ocorrer dor óssea causada pela disseminação da doença para os ossos, sintomas urinários ou, em casos mais graves, por insuficiência renal.

Prevenção
Como a idade é um dos principais fatores de risco para a doença, a visita periódica ao urologista se torna primordial a partir dos 50 anos. O diagnóstico é feito pelo exame clínico (toque retal) e pela dosagem do antígeno prostático específico (PSA, sigla em inglês), que sugerem a existência da doença e indicam a realização de ultra-sonografia pélvica para biópsia.

O que significa estadiamento?
O estadiamento é a forma de descrever o câncer, informando se ele está localizado, se se disseminou para outros locais e se está afetando a função de outros orgãos do corpo. Existem quatro estágios para o câncer de próstata.

Tratamento
O tratamento do câncer depende do estágio clínico da doença. Nos tumores em estágio inicial, o médico pode recomendar um seguimento rigoroso e iniciar o tratamento apenas quando o câncer der sinais de progressão. A cirurgia para remover a próstata (prostatectomia) e os linfonodos da região é utilizada antes que o tumor tenha se estendido para fora da próstata. O tratamento hormonal (hormonioterapia) é utilizado para tratar o câncer de próstata que cresceu após o tratamento inicial com a cirurgia ou radioterapia, ou para reduzir o tamanho do tumor antes da radioterapia. A quimioterapia é utilizada nos casos avançados do câncer de próstata quando o tumor se mostra resistente ao tratamento hormonal. Os efeitos colaterais causados pelo tratamento do câncer de próstata, como a incontinência urinária e a disfunção sexual, podem ser prevenidos ou tratados com a ajuda de sua equipe médica.