Hospital Mater Dei Eventos
Marque sua consulta
(31) 3501-0500 / (31) 3339-9009
Seg. à Sexta - 8h às 18h
Radioterapia Mater Dei
Rua Gonçalves Dias, 2700 - Subsolo
Santo Agostinho - Belo Horizonte/MG
Redes Sociais

Prevenção de infecções: 5 hábitos obrigatórios que você deve ter

Em 19/07/2016 às 17:16 - Por Radioterapia Mater Dei

A Radioterapia Mater Dei sabe que clínicas médicas e hospitais não são apenas lugares de tratamento, mas também de prevenção. É função de todos os profissionais que prestam assistência à saúde orientar sobre higiene e profilaxia de infecções. Por outro lado, é dever não só dos pacientes, mas de acompanhantes, familiares, visitantes e demais pessoas que transitam por ambientes hospitalares, se atentar para as boas práticas de prevenção e manutenção do bem-estar.

Para ajudar, listamos alguns hábitos obrigatórios no combate a infecções e transmissões de doenças em dependências de clínicas e hospitais. E como a prevenção ainda é o melhor remédio, fique atento às dicas!

Lave as mãos!

O hábito de lavar as mãos é tão importante para pacientes, visitantes, cuidadores e profissionais de saúde, que poderia facilmente aparecer em todos os tópicos das dicas! Estima-se que a higienização das mãos é o mais importante dos cuidados na prevenção de doenças transmissíveis. Isso acontece porque nossas mãos têm uma flora própria, composta em geral por cocos gram-positivos – microrganismos muito patogênicos – e bactérias como o estafilococo coagulase negativo. Por isso, é importante lavar as mãos antes e depois de fazer quase tudo em ambiente médico.

A higienização correta das mãos (clique aqui e veja como é feita), com água e sabão, pode evitar o contágio de doenças como o resfriado e infecções por bactérias resistentes, germes e vírus, que podem ser transmitidos dentro ou fora de um hospital.

Visitante, tenha como hábito lavar as mãos todas as vezes que entrar em um quarto de hospital, antes de tocar o paciente e ao sair de lá!

Se não tiver lavabo, use álcool gel!

É bem comum encontrar lavabos nas dependências de clínicas e hospitais, mas se tiver dificuldades, não se acanhe em utilizar o álcool em gel. O álcool é um desinfetante poderoso e, diluído em gel pode ser usado sem medo de ressecar as mãos. Ele é eficaz para combater as colônias de bactérias que ficam alojadas nas mãos, além de ser de fácil e prática utilização, portanto é uma ótima alternativa de higienização.

Mas atenção: sempre que possível, prefira lavar as mãos com água e sabão! Em caso de dúvida, volte para a dica número um!

Cuidados gerais para visitas

Alguns cuidados gerais podem ser tomados por visitantes e acompanhantes de pacientes para evitar infecções. Um caso grave é a infecção hospitalar, que acomete pessoas nas melhores clínicas e hospitais do mundo. Por isso não se deve descuidar da prevenção! Veja o que você pode fazer para ajudar a manter a saúde e o bem-estar nesses ambientes:

  • Se puder, mantenha as unhas curtas e limpas. Não use joias e bijuterias. Acessórios como relógios, também devem ficar em casa;
  • Dê preferência ao uso de sapatos fechados. Deixe as sandálias e os chinelos para serem usados em outros locais;
  • Se for um acompanhante frequente, certifique-se de estar em dia com suas vacinas;
  • Não sente, deite ou coloque os pés no leito do paciente, nem em camas e macas vagas ao lado – a menos, é claro, que o lugar tenha sido preparado para você;
  • De preferência, deixe crianças em casa! Por falar em criança, sempre que for visitar um bebê ou recém-nascido, não o beije ou aproxime seu rosto do dele;
  • Alimentação, só se for autorizada. Além de trazer riscos para a saúde do paciente, pode causar transtornos nas dietas que são controladas por profissionais de saúde;
  • Flores, plantas e presentes podem esperar até que o paciente vá para casa. Lá, ele poderá desfrutar dos presentes com mais carinho e segurança;
  • Não mexa em curativos, soros, sondas e equipamentos ligados ao paciente, a menos que sua ajuda seja solicitada;
  • Siga todas as orientações recebidas pela equipe de saúde. Não tente burlar as normas. Se houver alguma placa de orientação ou proibição, respeite. Se tiver alguma dúvida, pergunte para a enfermagem.

Gostou das dicas? Você também pode receber nossas novidades por e-mail se preferir. Basta enviar seu nome e e-mail clicando aqui.

Acesse o site da Radioterapia Mater Dei, informe-se sobre dicas de saúde, tratamentos e prevenção de doenças! Acompanhe também o Facebook, Instagram e assine nosso canal no Youtube.